O que é Marketing Gastronômico e como Aplicá-lo no seu Negócio de Doces

RECEBA NOVOS CONTEÚDOS DE MARKETING PARA CONFEITARIA
Entre para a lista VIP e receba lições e estratégias de Marketing e Vendas para crescer sua confeitaria direto no seu e-mail!

Na confeitaria, seja com loja física ou de produção em casa, o tipo de Marketing que precisamos ter em mente é o Marketing Gastronômico.

Se você quer se tornar uma verdadeira empreendedora dos doces, ou como eu gosto de chamar, uma Confeiteira Empreendedora, vai precisar adequar suas estratégias para este segmento.

Mas o que é Marketing Gastronômico?

O Marketing Gastronômico é o processo que busca entender quem é o seu cliente, entrando a fundo em descobrir quais suas necessidades e objetivos com o seu doce.

Assim você consegue criar produtos e serviços que o seu público alvo esteja muito mais propenso a comprar, deixando-o feliz por ter te encontrado!

Isso facilita muito na hora da venda, já que com as informações certas temos mais chances de falar exatamente o que o cliente espera ouvir e entregar uma experiência de compra muito melhor!

Tudo o que acontece entre sua marca e seus clientes pode ser considerado Marketing. Desde o anúncio que atraiu a pessoa, de o que fez ela perceber o seu anúncio, o momento em que uma pessoa te liga para saber mais informações, o jeito que você passa essas informações, a escolha dos doces no seu cardápio, seu preço e milhares de outras pequenas coisas que chamamos de “momentos da verdade”.

Ficar atenta a essas pequenas coisas pode fazer toda a diferença para fechar uma encomenda!

O Marketing Gastronômico acontece na Internet também (e muito graças à ela)

A internet possibilitou o crescimento em massa de uma cultura gastronômica forte e artística e uma onda de gourmetização dos doces tomou o país nos últimos cinco anos mudando o mercado para confeiteiras e doceiras.

A rede hoje conta com milhares de páginas de Facebook, Instagram e Pinterest de pequenas empresas – como a sua – com fotos tão bem tiradas que ativam todos os sentidos!

Você quase pode sentir o aroma e o sabor só de olhar pra foto. Sério, olha essa textura:

View this post on Instagram

Fatia Meio Amarga 💗🍰🍫😍 Hoje até as 17h

A post shared by Lila (@doceslila) on

É justo dizer que a internet ajudou a transformar o modo que os brasileiros enxergam a Confeitaria Nacional.

Além de ser uma nova casa para confeiteiros mostrarem seus produtos, você também encontra Blogs e sites especializados que estão faturando muito facilitando o acesso à conhecimento, divulgando receitas, trocando conteúdos e vendendo cursos de Doces Gourmet.

Com os diversos programas de televisão surgindo, a gastronomia tem tido lugar de destaque na vida dos brasileiros (eu particularmente adoro assistir Que Seja Doce no GNT, conhece?).

As pessoas começam a buscar essas experiências vistas na televisão e o mercado começa a pedir por informações e produtos (no nosso caso doces) mais requintados, com aquele toque premium que o gourmet oferece.

A popularização dos Doces Gourmet, que são mais requintados e visualmente mais apelativos, transformou também o mercado de eventos, casamentos, formaturas e aniversários.
Com doces que enchem os olhos e dão água na boca, além de serem (nem sempre) um prazer ao paladar!

Mas… embora o crescimento do setor alimentício em geral seja grande, apenas uma pequena parcela dos empresários de alimento cresce e consegue lucrar de verdade.

O resto ou fica trancado na mesma situação, sobrevivendo dia após dia… ou fecha as portas em até dois anos.

Seria isso falta de planejamento? Falta de estratégias voltadas para a gastronomia? O que você pode fazer para evitar fazer parte do grupo de pequenos empresários que não sobrevive ao mercado?

Programas de TV fomentam a cultura gastronômica. Reprodução: Canal Gnt

Cinco Passos Fundamentais para você aplicar Marketing Gastronômico

Você, confeiteira é muito importante para a economia do Brasil, pois fortalece a cultura gastronômica regional e transforma a confeitaria como um todo!

Mas para não fazer parte do grande número de empresas que fecham ano a ano, você precisa fazer um planejamento de marketing gastronômico eficiente. Para isso é preciso ter os conhecimentos certos sobre ações de marketing que realmente funcionam.

Então listei aqui 5 passos fundamentais para você aplicar quando fizer sua estratégia de Marketing Gastronômico, vamos ao que interessa!

1. Agregue valor ressaltando os atributos do seu doce

Para algo ser desejado, ele precisa ser valorizado. Não só com produtos, isso acontece com qualquer área na nossa vida, como relacionamentos, por exemplo.

O que leva você a desejar um homem e não o outro? Seus atributos, certo? Se ele é inteligente, carinhoso, forte, viril, engraçado… ou mesmo se é diferentão. Vai depender do seu gosto e de como ele mostra esses atributos.

O mesmo acontece com nossos doces, é da psicologia humana. Mas atenção: Para o valor ser real, ele tem que ser percebido pelo cliente, então se ele não se interessar por texturas em um doce, por exemplo, ele certamente não vai ver valor nisso.

O que seu público quer ver ou sentir em um doce? Textura? Sabor? Aromas?

Quando você anuncia e mostra em detalhes o que o seu produto pode proporcionar, você agrega valor e consegue evocar emoções poderosas em seus clientes, que passam a desejar sentir aquilo.

Não acredita?

Responda: “O que te levou a conhecer um restaurante ou confeitaria na sua cidade?” e “quantas vezes você estava no feed do Instagram e quando parou para apreciar uma foto de um bolo, ficou com muita vontade de fazer ou comprar um?”

Esse é o poder do valor agregado.

2. Segmente e atraia seu público com a Geolocalização

Uma estratégia que ajuda na atração de clientes é estar presente nos mais diversos meios e ser facilmente encontrada.

Confira se a sua confeitaria ou marca são encontradas em aplicativos geolocalizados como FourSquare, TripAdvisor, Kekanto e Google Maps. Se estiverem, veja se as informações estão certas e reivindique a propriedade.

Incentive seus clientes a fazerem check-in e a ter marcarem no Facebook e Instagram. Isso melhora a visibilidade e fortalece sua validação social com o gatilho mental da comunidade.

3. Foco no Relacionamento com o Cliente

Quando te perguntam qual o seu diferencial, você diz “Bom atendimento?”.

Pois sabia que atender bem ao cliente já não é mais considerado pelas pessoas como diferencial competitivo, e sim como sua obrigação! É só pensar em como você vê as lojas que você frequenta: você já espera de cara um atendimento de qualidade, não é mesmo?

Mesmo obrigatório, muitas confeiteiras ainda não dão atenção a isso!

Se relacionar bem com o cliente é um dos processos do marketing gastronômico que mais pesa na hora de decidir se compra de você ou não.

A Internet te permite coletar muitos dados interessantes sobre como está o seu atendimento, além de facilitar o relacionamento em si.

Facebook Messenger, WhatsApp, Telegram, E-mail… São excelentes canais de relacionamento com o seu cliente. Use e abuse da tecnologia para conversar com as pessoas!

Tem página no Facebook? Perfil no Instagram? Responda a todos os comentários (positivos ou negativos), sempre com cordialidade, mas sem parecer um robô treinado a responder. Encontre o seu estilo.

Agradeça a quem te elogiou. Resolva os problemas de quem fez críticas construtivas e peça uma segunda chance. Ignore os haters.

Pessoalmente, converse educadamente e seja sempre cordial, demonstre que está ali para ajudar a pessoa a encontrar a melhor solução e não apenas para vender.

Mostre ao cliente que a opinião dele é importante!

4. Marque presença em eventos locais

Participar em eventos locais que o seu público alvo vai estar é muito importante. Para ser lembrada, sua marca precisa ser vista e a sua comida oferecida e apreciada para que seu futuro cliente possa entender a relação custo-benefício de comprar de você.

Inscreva sua marca em feiras gastronômica, feiras de rua, competições (pare de só assistir!).

Essa é a chance para levar um mini cardápio com os seus melhores doces, ou os chamados carro-chefe para que os participantes possam conhecer você e seus produtos.

Amostras grátis do seu produto funcionam muito bem também, pois se o seu doce for bom, deixam um gostinho de quero mais e um sentimento de “dívida” de quem experimentou, fazendo ele levar alguns docinhos.

fook-bike de brigadeiros em uma feira gastronômica em São Paulo
Food-Bike da Brigaderia VIP em uma feira gastronômica. Reprodução: UniversoZN

5. Faça Branding: Seja detalhista com sua marca

Você pode até pensar que um logotipo não é lá tão importante.

Mas marcas que tem um bom manual de identidade visual conseguem passar muito mais seriedade e profissionalismo. Elementos como o próprio logotipo, tipografia e coerência da paleta de cores que sua marca usa são essenciais para uma percepção de valor elevado.

A regra é sempre, mas sempre mesmo, seguir a padronização da sua marca.

Defina como sua marca vai se comunicar e siga aquilo.

Se você não tem uma padronização, acaba sendo percebida como amadora e seus futuros clientes não vão entender porque seu brigadeiro custa “tão caro”.

Cardápios, redes sociais, material impresso… Tudo isso está intimamente ligado à sua marca e deve ter um padrão de cores.

Preciso dizer a que marca esse sorriso remete?

Já sabe?

Só de olhar as cores seu cérebro já remete ao McDonald’s, não é mesmo? Esse sorriso era um elemento da embalagem do McLanche Feliz.

Depois que seu público conhece a sua marca, começa a reconhecê-la sem ver o símbolo especificamente.

Então personalize o máximo que puder, do porta-copos ao prato de sobremesa.

O melhor de dois mundos: Marketing Gastronômico + Marketing Digital para um alcance invejável

Conhecer a fundo o seu cliente, se relacionar com ele e criar uma estratégia de branding, são algumas ideias de como o Marketing Gastronômico pode levar sua marca a outro patamar.

Agora imagine duplicar o alcance que sua marca tem na metade do tempo que você levaria fazendo somente o marketing gastronômico tradicional?

Isso é possível aliando a sua estratégia de Marketing Gastronômico com o Marketing Digital.

Criar conteúdos que façam a sua audiência interagir com a marca, educar o seu público sobre o seu produto, ter uma comunicação mais próxima, anunciar uma promoção e promover valores em redes sociais são maneiras excelentes para atrair mais clientes e pode fazer a sua marca se expandir muito mais rápido do que ficar no tradicional cartão de visita, flyer e boca a boca.

Daniel Souza

Share on facebook
Compartilhe
Share on pinterest
Pinterest
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
Envie no WhatsApp
Share on facebook
Compartilhe
Share on pinterest
Pinterest
Share on twitter
Twitter
Share on email
Envie por E-mail

O que achou do artigo? Comente! :)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Faça como mais de 4.860 confeiteiras

Entre para a lista VIP e receba gratuitamente lições de Marketing e Vendas direto no seu e-mail!